Prefeito sanciona lei que torna os pit dogs patrimônio cultural imaterial de Goiânia

  • 08/Jun/2021

Reconhecimento foi celebrado entre os mais de 1600 estabelecimentos que geram aproximadamente 40 mil empregos

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), sancionou nesta terça-feira (8/6), a Lei que reconhece os pit dogs como patrimônio cultural imaterial da capital. Evento aconteceu no Paço Municipal e foi celebrado com a distribuição de sanduíches para os presentes. 

Autora do Projeto de Lei, a vereadora Sabrina Garcêz (PSD), destacou que além de ser uma atividade econômica que emprega várias famílias, o pit dog faz parte da vida do goianiense. “Eu, quando criança, saía do estádio ou da missa e ia direto para o pit dog com minha família. Fico muito feliz em poder ser autora desta lei que, de fato, torna os pit dogs como patrimônio da nossa cidade”, frisou. 

Em tom de brincadeira, Rogério Cruz disse que é apaixonado pelo x-tudo raiz: com hambúrguer, bacon, tomate e até o abacaxi e afirmou ser uma honra sancionar a Lei. “Sei da importância desses espaços tão tradicionais para o lazer das famílias e também das contribuições que traz à economia da cidade. Nós já sabíamos antes, mas agora está no papel: os pit dogs fazem parte da história e cultura do povo goianiense!”, destacou. 

O presidente do Sindicato dos Proprietários de Pit-dog em Goiânia (Sindpit-dog), Ademildo de Godoy, ressaltou a importância da sanção da Lei. “Hoje é um dia histórico para os mais de 1600 estabelecimentos, que geram aproximadamente 40 mil empregos e sustenta mais de 6 mil famílias somente na capital. Só tenho a agradecer a todas as pessoas que contribuíram de alguma forma para que isso fosse possível”, comemorou.
 

COMENTÁRIOS

  • Não há nenhum comentário para está notícia. Seja você o primeiro a comentar!

ADICIONAR UM COMENTÁRIO


Central de atendimento

Possui alguma dúvida? Fale com Fecomércio!

BANNER | arq_banner_aleatorios/banner_aleatorios_1534427477.jpg