Fecomércio defende paralisação do transporte público

  • 05/Mar/2021

Proposta é que empresários estimulem a carona entre os funcionários com ajuda de custo

Mantendo diálogo permanente com os governos municipais e estadual, devido à preocupação com a situação sanitária e econômica do Estado, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO) tem apresentado várias propostas para a reabertura do comércio, sempre pensando na segurança da população. Dentre elas, a paralisação do transporte público.

“Sugerimos que os empresários providenciem o transporte de seus funcionários como, por exemplo, estabelecimento de rotas e carona entre os funcionários com ajuda de custo da empresa. Para aqueles que não têm essa possibilidade, que façam home office”, propõe o presidente da Fecomércio, Marcelo Baiocchi. 

A Federação entende que o prejuízo do empresário em custear esse transporte será menor do que permanecer fechado. “É uma proposta radical, mas viável. Pelo menos nesse período pandêmico, onde devemos buscar alternativas para poder trabalhar com saúde”, conclui Marcelo. 
 

COMENTÁRIOS

  • Não há nenhum comentário para está notícia. Seja você o primeiro a comentar!

ADICIONAR UM COMENTÁRIO


Central de atendimento

Possui alguma dúvida? Fale com Fecomércio!

BANNER | arq_banner_aleatorios/banner_aleatorios_1534427477.jpg