Pit-dogs em Goiânia apostam no delivery para manter as vendas

  • 03/Mar/2021

Após último decreto da prefeitura de Goiânia, os estabelecimentos podem continuar abertos para retirada no local ou entrega de refeições  

Para evitar grandes prejuízos durante o fechamento do comércio após as medidas restritivas, para evitar a propagação do coronavírus, anunciadas pela prefeitura de Goiânia, o Sindicato dos Proprietários de Pit-dog em Goiânia (Sindpit-dog) sugere que os empresários do ramo invistam nas entregas. 

“Esperamos uma queda de até 50% nas vendas, mas acreditamos que essa porcentagem possa ser menor com o aumento no investimento das entregas delivery. Mas é importante alertar que as pessoas também podem fazer a retirada do produto nos pit-dogs”, frisa o presidente do Sindpit-dog e vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Goiás (Fecomércio-GO), Ademildo Pereira de Godoy. 

O Sindicato alerta ainda sobre a importância de manter e reforçar as medidas de biossegurança para evitar a propagação do coronavírus, como lavagem das mãos, uso de álcool em gel e máscara, desde a hora do preparo até a entrega da mercadoria. 
 

COMENTÁRIOS

  • Não há nenhum comentário para está notícia. Seja você o primeiro a comentar!

ADICIONAR UM COMENTÁRIO


Central de atendimento

Possui alguma dúvida? Fale com Fecomércio!

BANNER | arq_banner_aleatorios/banner_aleatorios_1534427477.jpg