Baiocchi defende reforma tributária que promova equilíbrio e desenvolvimento

  • 17/Set/2019

Durante seminário sobre a reforma tributária, o presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-GO, Marcelo Baiocchi, disse que é necessário encontrar “o equilíbrio entre a capacidade contributiva do cidadão e das empresas e a necessidade de arrecadação do Estado”. Ele também alertou que é preciso  “dar condições para que as empresas voltem a produzir, empreender e empregar”, e que isso não acontecerá enquanto não houver uma reforma tributária. 
Ainda na abertura do seminário, realizado no auditório do Sesc Cidadania, no dia 16/09, o presidente agradeceu a presença e o apoio do Fórum Empresarial na realização do evento, promovido pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados que analisa a Proposta de Emenda a Constituição (PEC 45/2019), - matéria discutida no encontro - e pontuou que a oportunidade de se discutir e debater a reforma "é tão importante quanto, ou mais ainda, que a própria reforma da Previdência". 
O presidente afirmou ainda que a reforma é “urgente e necessária”, e que a PEC 45 agrada como uma abertura de discussão do tema, mas que o empresariado diverge de alguns pontos, que ainda precisariam de ajustes. "Temos as nossas propostas, entendemos que temos que aliviar a carga tributária e aumentar a massa de pagadores, para que haja um equilíbrio maior entre a necessidade de arrecadação e a capacidade de contribuir do empresário".
Marcelo Baiocchi assinalou que a PEC 45 traz em seu bojo a união de vários impostos para que se simplifique a forma de arrecadar e faça que uma base maior contribua. "Precisamos aprofundar e debater mais é a fórmula de como isso vai acontecer". 
Baiocchi ressaltou a necessidade de “desburocratizar a forma de arrecadar tributos e equalizar a forma de distribuição".  O presidente lembrou que hoje há "uma concentração grande no poder federal, deixando os Estados e municípios com pouco deste bolo que arrecada".
O seminário, com o tema "Impactos da Reforma Tributária para os estados e os municípios", foi um evento oficial da Comissão Especial que analisa a PEC 45/2019, e contou com a presença do presidente da comissão, deputado Hildo Rocha (MDB-MA), e dos coordenadores do evento, os deputados federais goianos, membros dela, Elias Vaz (PSB-GO) e Glaustin da Fokus (PSC-GO), que encaminharam o requerimento para sua realização. O debate teve palestras de especialistas e autoridades sobre o tema. 
Aberto ao público, o evento teve a participação de entidades representativas do setor produtivo, do governo, da prefeitura de Goiânia, presidentes dos poderes legislativos estadual e municipal, senador, deputados federais e estaduais, vereadores, presidentes de sindicatos e outras autoridades. Goiânia é a segunda cidade, e a primeira capital, a receber o evento, que será realizado nas cinco regiões brasileiras.

COMENTÁRIOS

  • Não há nenhum comentário para está notícia. Seja você o primeiro a comentar!

ADICIONAR UM COMENTÁRIO


Central de atendimento

Possui alguma dúvida? Fale com Fecomércio!

BANNER | arq_banner_aleatorios/banner_aleatorios_1534427477.jpg
Google Maps Generator by embedgooglemap.net