Entidades do Sistema S apresentam, na Fecomércio, diagnóstico de Abadiânia

  • 11/Jul/2019

Mapeamento e diagnóstico empresarial de Abadiânia foram apresentados à imprensa na quarta-feira (3/07), na sede da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio/GO). O documento é resultado de parceria de entidades do Sistema S e Prefeitura de Abadiânia, em ação que busca recuperar a economia da cidade, após os impactos negativos das denúncias contra o médium João Teixeira de Faria, da Casa de Dom Inácio de Loyola, que vieram a público em dezembro de 2018.
Diante da necessidade de propor uma retomada da economia local, a Prefeitura de Abadiânia firmou parceria com o Sistema “S”, para estruturação de um plano de ação a partir do mapeamento e diagnóstico empresarial da cidade. Com a união dos esforços do Sistema Fecomercio/Sesc/Senac, Sistema Fieg/Sesi/Senai/IEL Instituto Euvaldo Loddi), Sistema Faeg/Senar, Sebrae Goiás e Universidade Salgado de Oliveira (Universo), foi elaborado um estudo a partir da expertise dos seus profissionais. 
Ao abrir o evento, o presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-GO, Marcelo Baiocchi, disse que a união das entidades do Sistema S é importante para a recuperação da economia do município, antes pautada no turismo religioso. “Sem dúvida nenhuma, a união destas entidades pode mudar o perfil e o caminho que o município está direcionado a caminhar”, disse, citando o problema grave da perda na atividade econômica. “Estas entidades estão dispostas a mudar o futuro daquele município, para que os impactos da perda da atividade econômica não sejam tão cruéis, como se desenha", afirmou.
Participaram da apresentação, além do anfitrião, Marcelo Baiocchi, presidente do Sistema Fecomércio, o prefeito de Abadiânia, José Aparecido Alves Diniz, Derly Cunha, Diretor-superintendente do Sebrae, Flávio Rassi, vice-presidente do Sistema Fieg/Sesi/Senai/Iel, Paulo Vargas, Diretor Regional do Senai, e Superintendente do Sesi, dentre outros representantes das entidades do Sistema S que compõem a ação.
De acordo com o prefeito de Abadiânia, José Aparecido Alves Diniz, a cidade enfrenta várias dificuldades atualmente, mas a principal delas é o desemprego, que cresceu nos últimos meses. “Temos que criar novos postos de trabalho para que a população não fique desassistida. Por isso, assim que soubemos do caso, procuramos o Sebrae para nos orientar e graças à instituição tivemos as portas abertas para o Sistema S”, destaca.  
Para o diretor superintendente do Sebrae, Derly Fialho, os fatos que ocorreram na cidade podem ser revertidos a partir do apoio e investimento na capacidade empreendedora dos abadienses. “Talvez tenhamos dois caminhos a percorrer: o primeiro é investir, melhorar a produtividade do que já existe na cidade”, enfatiza, pontuou, citando como segunda ação  explorar o potencial da região, pensando em novos negócios que vão atrair turismo quanto e investimentos, 
O vice-presidente do Sistema Fieg/Sesi/Senai/Iel, Flávio Rassi, disse que as instituições estão empenhadas em alavancar a economia do município com o fortalecimento das indústrias, que geram empregos e oportunidades para todos. “O que nós conclamamos é que possamos verticalizar nossa produção da indústria em Goiás e, consequentemente, levando também polos industriais para em Abadiânia”, pontuou.
Na coletiva de imprensa foram apresentados dados de uma pesquisa quantitativa com 255 empresários e gestores da cidade, realizada em abril, e de uma pesquisa qualitativa com três grupos (empresas de prestação de serviço e comércio; restaurantes, lanchonetes, hotéis e pousadas; empresários e artesões), feita em maio. Foi realizada também uma pesquisa secundária, que levantou informações relevantes do município, que ajudam a entender a realidade socioeconômica de Abadiânia. 
Após o diagnóstico da economia da cidade, as instituições do Sistema S e Prefeitura de Abadiânia vão abrir uma programação de capacitações empresariais, especialmente, focada na comunidade de Abadiânia. A programação iniciará dia 6 de agosto e vai até dezembro/2019, com cursos, palestras, oficinas.
Na quinta-feira (4) todas as instituições do Sistema Fieg/Sesi/Senai/IEL, Sistema Fecomercio/Sesc/Senac, Sistema Faeg/Senar, Sebrae Goiás e Prefeitura de Abadiânia apresentaram  aos empreendedores e a população da cidade a programação de cursos, oficinas e consultorias que serão oferecidos.

COMENTÁRIOS

  • Não há nenhum comentário para está notícia. Seja você o primeiro a comentar!

ADICIONAR UM COMENTÁRIO


Central de atendimento

Possui alguma dúvida? Fale com Fecomércio!

BANNER | arq_banner_aleatorios/banner_aleatorios_1534427477.jpg
Google Maps Generator by embedgooglemap.net